DEPEN

Penitenciária Industrial de Guarapuava - PIG

Regimento Interno (para abrir arquivos .pdf é necessário ter instalado Acrobat Reader)


Primeira Penitenciária Industrial do País, destinada a presos condenados do sexo masculino, em regime fechado.

Inaugurada em 12 de novembro de 1999, está localizada no Município de Guarapuava, distante 265 km de Curitiba e tem capacidade para abrigar até 240 presos.

Rua Dário Borges de Lis, 439 - Bairro São Cristóvão - Caixa Postal 214
85063-480 - Guarapuava - Paraná
Telefone: (42) 3621-0200 - Fax: (42) 3621-0218
E-mail: pig@depen.pr.gov.br

Diretor: Anderson de França Uchak
Vice-Diretor: Amaurilio Valmir Cabral

Apresentação

A Penitenciária Industrial de Guarapuava foi construída com recursos dos Governos Federal e Estadual. O custo total, incluindo projeto, obra e circuito de TV foi no valor de R$5.323.360,00, sendo 80% provenientes de Convênio com o Ministério da Justiça e 20% do Estado.

A Unidade foi concebida e projetada objetivando o cumprimento das metas de ressocialização do interno e a interiorização das Unidades Penais (preso próximo da família e local de origem), política esta adotada pelo Governo do Estado do Paraná, que busca oferecer novas alternativas para os apenados, proporcionando-lhes trabalho e profissionalização, viabilizando, além de melhores condições para sua reintegração à sociedade, o benefício da redução da pena.

Seu projeto arquitetônico privilegia uma área para indústria de mais de 1.800m². No barracão da fábrica trabalham 70% dos internos da Unidade, em 3 turnos de 6 horas, recebendo como renumeração de 75% do salário-mínimo; os outros 25% são repassados ao Fundo Penitenciário do Paraná, como taxa de administração, revertendo esses recursos para melhoria das condições de vida do encarcerado.




Estrutura Física

  •  Área do terreno: 35.000m2
  •  Área Construída: 7.177,42m2
  •  Capacidade para 240 presos
  •  Galerias: 5
  •  Cubículos/Alojamentos: 120
  •  Refeitórios: 2
  •  Pátios: 5
  •  Visita íntima: 12 quartos
  •  Consultório Médico: 1
  •  Consultório Odontológico: 1
  •  Salas de Aulas: 3
  •  Salas para atendimento técnico: 6
  •  Lavanderia: 1
  •  Biblioteca: 1
  •  Cozinha: 1
  •  Canteiros de trabalho: 5

Segurança

Dispõe de um sistema de monitoramento dos setores, através de circuito fechado de TV, que permite a observação da movimentação dos presos no interior da Unidade e externamente, no acesso de veículos e pessoas.

Possui, ainda, portões automatizados, quadrantes suspensos, sistema detector de metais fixo e móvel de rádios.



Outros canteiros

Os custodiados que não estão implantados no canteiro da fábrica trabalham em outros canteiros, tais como: faxina, cozinha, lavanderia e embalagens de produtos.

Todos recebem remuneração (75% do salário-mínimo) e o benefício da remição de pena (1 dia remido a cada 3 dias trabalhados).

Os canteiros de trabalho funcionam em 3 turnos de 6 horas, possibilitando que todo o tratamento penal (atendimento jurídico, psicológico, médico, serviço social, odontológico, escola, atividade recreativa) seja executado no horário em que o interno não está trabalhando.


Diretores

Período

Dra. Juraci Freitas

1999 a 2001

Dra. Dilza Merly Sbrissia

2001 a 2007

Dr. José Ricardo Lubachevski

2007 a 03/01/11

Amaurilio Valmir Cabral

05/01/11 a 26/072011

Anderson de França Uchak

26/07/2011

Recomendar esta página via e-mail: