DEPEN

1 - Notícias

05/02/2019

Em Ponta Grossa, presos cultivam alimentos orgânicos e distribuem para a comunidade

Presos custodiados na Penitenciária Estadual de Ponta Grossa- Unidade de Progressão estão cultivando alimentos orgânicos que são distribuídos para a comunidade local. Os produtos, legumes e verduras, são produzidos dentro terreno da penitenciária. A iniciativa é resultado de uma parceria com a Associação de Moradores do Núcleo Santa Maria.

O diretor da unidade penal, Bruno Propst, explica que todos os produtos colhidos são revertidos para os familiares dos presos, servidores e para a comunidade instalada na região do Complexo Penitenciário da cidade. As mudas são fornecidas pela Prefeitura de Ponta Grossa e também por meio de doações.

“A qualidade dos produtos é excelente e a produtividade da horta promete bons resultados. O empenho dos presos implantados no canteiro também é de se destacar. Todos foram escolhidos pela aptidão no trato com a terra”, afirma o diretor.

O projeto conta ainda com o apoio da Vara de Execuções Penais de Ponta Grossa, já que todos os presos que estão implantados no projeto conseguem abater o tempo de pena por meio do trabalho. A cada três dias de trabalho, um dia a menos na prisão.

“A ideia é contribuir e aproximar a comunidade local do trabalho de ressocialização na Unidade de Progressão, proporcionar atividade laborativa aos internos e atender as normas da Lei de Execução Penal”, finaliza Propst.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.