DEPEN

1 - Notícias

23/03/2020

ESPEN oferta curso de escrita oficial à distância a servidores do Depen

Para evitar a disseminação do coronavírus (Covid-19) no Paraná, a Escola de Formação e Aperfeiçoamento Penitenciário (Espen) suspendeu todas as atividades educacionais presenciais, no entanto, está intensificando as atividades à distância. Nesta segunda-feira (23/03), foram abertas as inscrições para o curso “Rotinas Administrativas no Sistema Penitenciário: Escrita Oficial”, que inicia na próxima semana. Além disso, psicólogos também estarão disponíveis para atender a quem precisa.

“Em tempos de quarentena e restrição à circulação de pessoas como modo de impedir o disseminamento do Covid-19, a ESPEN oferecerá alternativas para que os servidores do Departamento Penitenciário possam desenvolver suas habilidades profissionais. Nosso primeiro conteúdo será a reedição do Curso de Escrita Oficial”, afirmou a diretora da ESPEN, Marilza Hack.

Ela explicou que estão sendo ofertadas 60 vagas, mas é preciso ficar atento ao período de inscrições que vai das 17 horas desta segunda-feira (23/03), até às 23h59 desta quinta-feira (26/03). O curso terá início na próxima segunda-feira (30/03).

“A escrita oficial nos traz regras e sugestões de forma e conteúdo para os mais diversos tipos de documentos para que dentro de uma organização tenha-se uniformidade na expressão de seus atos, facilitando a comunicação administrativa”, afirmou a diretora da ESPEN.

Para acessar a plataforma da ESPEN, o servidor deve usar a própria senha e usuário do Expresso (plataforma de trabalho do Governo do Estado), sem o “@depen.pr.gov.br”.

ATENDIMENTOS - Além da intensificação dos cursos, a Espen também prevê outras novidades, como um clube de leitura para a área de segurança do Depen. Outra novidade é o uso do Whatsapp institucional, para o qual  (41) 99112-3643 os servidores devem adicionar e enviar mensagem e receber novidades.

PSICÓLOGOS - De maneira voluntária, um grupo de profissionais de Psicologia se disponibilizaram para atender, de forma on-line, os servidores do Departamento Penitenciário. “Em tempos de isolamento social, seja por prevenção ou por condição de afastamento pelo Covid-19, se alguém precisar conversar sobre a própria saúde mental, basta mandar uma mensagem para o nosso whatsapp, que encaminhamos a um destes voluntários”, afirmou Marilza.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.