DEPEN

1 - Notícias

11/11/2020

Central de Controle de Quadrantes é instalada na Penitenciária Estadual de Londrina II

A Penitenciária Estadual de Londrina II (PEL II) agora conta com uma Central de Controle de Quadrantes (CCQ) para operar a abertura e fechamento à distância de 32 portões de acesso a diversas áreas da unidade. Localizada em ponto estratégico e fora da carceragem, a central fica no bloco administrativo, conta com segurança reforçada, câmeras e interfones. 

Os portões que poderão ser fechados à distância, através de monitoramento digital, dão acesso ao corredor central, administrativo, oficinas de trabalho e pátios de visita. O sistema implementado também conta com backup's de segurança, podendo ainda ser acionado nos quadrantes do corredor central e controles dos motores. 

Além disso, a Central de Controle de Quadrantes conta com sistema de proteção com senhas diversificadas e pode ser acessada em outro local, através de computador ou tablet que esteja configurado e autorizado para operar. 

“Isso reforça o sistema de segurança da unidade, com controle efetivo no acesso de pessoas, servidores e presos, e possibilita a otimização de pessoal. Tivemos um ganho em segurança e consequentemente maior agilidade no encaminhamento de presos para diversas atividades de ressocialização desta unidade”, afirmou o diretor da Penitenciária Estadual de Londrina II, Emerson Chagas, o qual explicou que até então eram necessários cerca de 15 agentes para operar os portões e, com o sistema, será possível fazer a operação com dois agentes. 

INVESTIMENTO - A parte técnica da CCQ foi elaborada pelo agente penitenciário Marco Aurelio Aires lotado nesta PEL II. O projeto teve um custo total de aproximadamente de R$ 90 mil com principal recurso advindo do Ministério Público do Trabalho de Londrina, via procurador Heiler Ivens de Souza Natali, Fundo Rotativo e Conselho da Comunidade com a aquisição de equipamentos e mão de obra para a instalação.  


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.