DEPEN

1 - Notícias

28/09/2021

Grupo de trabalho faz reunião técnica para discutir melhorias para presas transgênero

O Grupo de Trabalho (GTT) formado por servidores do Departamento Penitenciário do Paraná e demais instituições fez uma reunião técnica na Cadeia Pública de Rio Branco do Sul, na última sexta-feira (24), para buscar melhorias para presas transgênero. O local abriga o Centro de Custódia Provisória de Mulheres e Transgêneros e Estudos da Violência do Estado do Paraná.

Segundo o gestor da cadeia pública, Ubirajara Cordeiro de Mattos, estão custodiadas no local cerca de 12 presas transgêneros. “Estamos buscando atender as necessidades e especificidades desse público. Para isso, necessitamos do auxílio do Departamento e demais entidades para que possamos avançar e aperfeiçoar esse trabalho”, afirmou o gestor.

“O objetivo da reunião técnica é buscar melhorias no atendimento dessas mulheres, seja na parte física, com reparos e expansão do espaço, como na área de tratamento penal, com a oferta de oportunidades de trabalho e ensino”, explicou a coordenadora da Política da Diversidade e Grupos Específicos do Depen, Sandra Duarte.

Para Duarte, o resultado da reunião foi produtivo, pois com a participação dos envolvidos foi possível vislumbrar melhorias significativas que podem ser executadas em pouco tempo, com pequenas adequações e reparos de baixo custo e de fácil resolução.

Estiveram presentes na reunião representantes do Tribunal de Justiça do Paraná, por meio do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e Sistema de Socioeducação (GMF), Ministério Público do Paraná, Grupo Dignidade, Assessoria de Projetos do Depen, Setor de Educação do Depen e o Setor de Produção e Desenvolvimento (Seprod) do Depen.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.